quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Um dia vamos nós encontrar em algum tempo distante em as estrelas se encontrão...

Quanto tempo se perde ao se encontra em caminhos distante escondido em algum lugar longiáco do mundo.....
 Me percó atrás dos sonhos que não realizei em minha vida,o tempo está passando estó envelhecendo....
O mundo está girando estó acabando sempre no mesmo lugar mudar o que restó,de mim um sopró de vida....
Lágrimas já secarão ao vento do tempo não cai,mais nenhuma pois há vida me endureceu a ponto da frieza.....
O medo se perdeu da vaidade que um dia existiu,mais aqui o que resto apenas saudade de algo que nunca existiú....
Gritar é o mesmo que calar ao tempo no silêncio,da minha alma que se perdeu de alguém ou de mim mesmo.....

 É como desprender algó de mim mesmo,estó perdido em alguma coisa que insisto ter que já não me pertence mais....
Assim vou levando minha vida em ritimo de fogo no prazer desconhecido,algum tempo depois posso encontrar há mim mesmo......
Beijo a tua boca não encontra paixão que um dia nós uniú,fez vida nova no amor me torno mais homem.....
Quem puderá rescrever o tempo há história o vazio de uma, vida que quer se preencher outra vez.....

 Assim deixo saudade de uma vida que pudia ter mais não tenho dos sonhos esquecido não realizado....
Existi formúla pra ser feliz se tiver um dia que muito ter essa,grande formúla que vai mudar minha vida....

Há sempre uma saida pra tudo na vida um dia eu vó encontrar, a minha para fugir de quem eu só ou possa ser....
Sempre existi luz no fundo de um tunél escondido no tempo,atrás de alguma coisa existi uma luz uma saida....

                                    


Nenhum comentário:

Postar um comentário